Adicione nosso blog

Não encontrou a sua apostila ? Faça uma Busca!

terça-feira, 30 de junho de 2015

Apostila Concurso Prefeitura de São José do Rio Preto SP 2015 para Agente Administrativo

Estude agora com a apostila para concurso público da Prefeitura do Município de São José do Rio Preto, para o cargo de Agente Administrativo. São 125 vagas com remuneração de R$ 1.839,04 com carga horária de 40 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir Nível Médio. Apostila AGENTE ADMINISTRATIVO - Concurso Prefeitura de São José do Rio Preto-SP.

No interior de São Paulo, a Prefeitura de São José do Rio Preto, por meio da Secretaria Municipal de Administração, divulgou o edital de concurso público nº. 02/2015. O concurso, que será organizado pela Fundação VUNESP, dispõe de 125 vagas na função de Agente Administrativo. Os aptos habilitados farão jus a remuneração de R$ 1.839,04 em regime de trabalho de 40 horas semanais.

As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico da Vunesp, www.vunesp.com.br no período de 01 de julho de 2015 a 31 de julho de 2015. A taxa de inscrição é de R$ 63,10.

A prova está prevista para ser realizada no dia 13 de setembro de 2015.

Apostila Impressa - páginas
Apostila Digital por Download - PDF

- Língua Portuguesa
- Matemática / Raciocínio Lógico
- Noções de Informática
- Conhecimentos Específicos

O concurso será válido por um  ano, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez, a critério da administração municipal.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Apostila Concurso PM-MG CFO 2015 - Polícia Militar de Minas Gerais - PMMG/CBMMG

Apostila CFO Curso de Formação de Oficiais da PM-MG - Concurso da Polícia Militar de Minas Gerais.

Prepare-se já com apostila para concurso público da PM-MG 2015 Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, para o cargo de Curso de Formação de Oficiais da PM - MG (CFO). São 120 vagas com uma remuneração de R$ 5.769,43. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir Nível Superior em Direito.



LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL: 1. Lei Estadual nº 5.301, de 16/10/1969 (Estatuto dos Militares do Estado de Minas Gerais). 2. Lei Estadual nº 14.310, de 19/06/2002 (Código de Ética e Disciplina dos Militares do Estado de Minas Gerais).

Os interessados devem possuir bacharelado em Direito, ter nascido entre o período de 07/03/1986 a 07/03/1998, ter altura mínima de 1,60m e atender a outros requisitos. A remuneração básica inicial para o Cadete do 1º ano do CFO/2016 é de R$ 5.769,43. Para chegar a 2º tenente PM, o aspirante a oficial deverá ter cumprido interstício mínimo de seis meses na graduação, além de satisfazer as condições gerais referentes à promoção, previstas no Estatuto do Militares.

Apostila Digital em PDF para Download, Atualizada 2015. 

Língua Portuguesa
Direito Constitucional
Direito Penal Militar
Direito Penal
Direito Processual Penal Militar
Direito Processual Penal
Direito Administrativo
Direito Penal Comum e Militar
Direito Processual Penal Comum e Militar
Legislação Extravagante e Legislação Institucional


As inscrições serão feitas via internet, através do site www.pmmg.mg.gov.br/crs, no período estabelecido no cronograma de execução constante do ANEXO “A” deste Edital, sendo que os requisitos para ingresso serão aferidos conforme previsão trazida especificamente nos subitens 2.1 e 2.4.

domingo, 14 de junho de 2015

Apostila Secretaria de Estado da Educação - BA - Professor de Educação Profissional

Apostila PROFESSOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - Concurso Secretaria de Estado da Educação - BA.

Estude agora com esta apostila para o processo seletivo simplificado da Secretaria de Estado da Educação - BA, para o cargo de Professor de Educação Profissional. São 1.282 vagas com remuneração de R$ 1.263,23com carga horária de 20 horas semanais.

Apostila Digital por Download – PDF
- Conhecimentos Gerais
- Conhecimentos Contextuais
- Conhecimentos Específicos da Educação Profissional Técnica

C - Conhecimentos Específicos da Educação Profissional Técnica
Lei de Diretrizes e Bases da Educação Profissional (Lei 9394/96). Título V, Capítulo II, Seção IV e IV a ( Incluído pela Lei 11.741 de 2008). Diretrizes curriculares Nacionais para o ensino Médio> Diretrizes Curriculares da Educação Profissional. Livros: A Formação do Cidadão Produtivo: A Cultura do Mercado no ensino Médio. Autores: Gaudêncio Frigotto, Maria Ciavatta(Org.) 2006. Disponíveis em: http://www.publicacoes.inep.gov.br/resultados

Apostila Professor Indígena 2015 SEC-BA (PDF) - Secretaria de Estado da Educação da Bahia

Apostila PROFESSOR INDÍGENA - Concurso Secretaria de Estado da Educação / BA

Prepare-se com a apostila para o processo seletivo simplificado da Secretaria de Estado da Educação / BA, para o cargo de Professor Indígena. São 247 vagas com remuneração de R$ 986,61com carga horária de 20 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir Nível Médio.

CONHECIMENTOS GERAIS: Conforme orientações do Referencial Curricular Nacional para as escolas indígenas- RCNEEI / Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental – Brasília: MEC/SEF, 1998.

Estão disponíveis na versão Digital Download para você baixar a Apostila PROFESSOR INDÍGENA - Concurso Secretaria de Estado da Educação / BA e impressa.

Referencial Curricular Nacional para as escolas indígenas/ Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental – Brasília: MEC/SEF, 1998. Decreto federal nº 6.861/2008 - Dispõe sobre a Educação Escolar Indígena, define sua organização em territórios etnoeducacionais, e dá outras providências. Noções Gerais da Igualdade Racial: na Constituição da República Federativa do Brasil (arts. 1º, 3º, 4º e 5º); na Constituição do Estado da Bahia (Capítulo XXIV – “Do Índio”); no Estatuto da Igualdade Racial (Lei federal nº 12.288/2010). Os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor na Lei federal nº 7.716/1989, alterada pela Lei federal nº 9.459/1997. Convenção Internacional sobre a eliminação de todas as formas de discriminação racial (Preâmbulo e Parte I do Decreto federal nº 65.810/1969). Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho sobre Povos Indígenas e Tribais (Preâmbulo e Parte I do Decreto federal nº 5.051/2004).
Resolução nº 05 de 22 de junho de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Escolar Indígena na Educação Básica.